Principal Trabalhando Em Casa 5 maneiras de combater a solidão trabalhando em casa

5 maneiras de combater a solidão trabalhando em casa

Se você é proprietário ou gerente de uma empresa, é provável que alguns funcionários sejam obrigados a trabalhar em casa. Em tempos normais, trabalhar em casa é uma vantagem, mas se há uma maneira segura de transformar uma vantagem em uma dor, é torná-lo obrigatório.

Se você é novo no gerenciamento de funcionários que trabalham em casa (ou se você é novo no trabalho de casa), logo descobrirá que uma desvantagem potencial de trabalhar em casa é a solidão. É provável que afete você e todos os outros membros de sua equipe.



Essa solidão é mais do que apenas um problema pessoal; é um problema de produtividade porque faz com que todos se sintam menos engajados e menos conectados com a equipe e seus objetivos. Também pode levar à depressão, o que é extremamente desmotivador.



De acordo com um trio de pesquisadores da Rotterdam School of Management, aqueles repentinamente colocados em uma situação WFH tornam-se solitários porque:

qual é a altura das pimentas julius

As interações de trabalho face a face, as oportunidades de dar, apoiar e ajudar nossos colegas ou clientes podem tornar nosso trabalho mais significativo. Por trabalhar remotamente por um longo período de tempo, perdemos a grande maioria de nossas interações espontâneas com outras pessoas. Além disso, as informações não verbais das interações virtuais de trabalho são limitadas. Por exemplo, não podemos ver um sorriso amigável ou uma expressão preocupada em trocas de e-mail e mensagens instantâneas. Esses sinais, no entanto, fornecem fortes valores socioemocionais para nos manter conectados.



Como, então, neutralizar essa solidão, tanto em você quanto nas pessoas com quem trabalha? Aqui estão cinco sugestões:

1. Compartilhe suas emoções de maneira adequada.

Obviamente, você não quer que sua equipe o veja em um colapso total. No entanto, expressar seus sentimentos sobre a situação atual ajuda a construir conexões, especialmente se todos na equipe estiverem passando pela mesma experiência. Nota: Nunca reclame de sua própria situação se você estiver em melhor situação do que os outros na equipe. 'Meu iate parece uma prisão' não vai voar.

Quantos anos tem Easton Corbin?

2. Concentre-se em como você está ajudando os outros.

Um grande truísmo dos negócios é que você obtém mais daquilo em que se concentra. Portanto, se você se concentrar apenas em realizar as tarefas, sua vida profissional se tornará nada além de tarefas. Uma abordagem melhor é ter em mente o efeito positivo que seu trabalho terá sobre outras pessoas. Em vez de pensar 'Tenho que terminar isso antes da hora do jantar', pense 'isso vai realmente ajudar Joe' ou 'nossos clientes vão adorar isso'.



3. Forneça suporte e conselhos extras.

Em vez de simplesmente se concentrar em suas próprias tarefas, ofereça-se para ajudar outras pessoas no trabalho ou dê conselhos se sentir que elas estão tendo problemas. Em um local de trabalho, essa orientação informal ocorre por acaso. Quando todos estão trabalhando em casa, você precisa torná-lo intencional.

4. Agradeça com mais frequência.

Pesquisas recentes da neurociência mostraram que sua mente e seu corpo se tornam mais saudáveis ​​quando você sente a emoção da gratidão. Existem muitas razões para isso, mas uma é que expressar essa gratidão cria um vínculo social mais forte. Isso é verdade quer seja expresso face a face, por e-mail ou online em tempo real.

5. Relembre os bons velhos tempos.

Surpreendentemente, simplesmente lembrar dos momentos em que você não estava sozinho pode torná-lo menos solitário. Os pesquisadores de Rotterdam explicam:

brandi passante armazenamento wars age

Da próxima vez que você se sentir sozinho trabalhando em casa, tente relembrar um passeio feliz com seus colegas ou comer algo que você possa comer na cantina do escritório - nossos cérebros associam automaticamente comida reconfortante com relacionamentos significativos. Você também pode compartilhar essas 'velhas' histórias e imagens com seus colegas em plataformas de socialização - por uma questão de nostalgia.